21.2.10

what the f*ck...

...ou por outras palavras, exorcizar os meus demónios.

Há coisas por vezes que me fazem ter vontade de acabar, partir, estragar, desligar muita coisa/com muita coisa.

O blog, este blog, que já disse a alguém que esta a perder aquilo que o fazia ser meu e diferente sem ter de ser apenas mais um blog.
Não sei se sou eu que estou a perder a minha veia "cabra" que tinha tempos atrás, ou se por outro lado, como já alguém disse, tenho de crescer...mas recuso-me a faze-lo.

Os comentários anónimos...mas que RAIO!!!
De um dia pra outro começaram a aparecer nos posts como pipocas no microondas... contrariamente ao meu cérebro que aparenta ter passado la dentro o tempo equivalente às pipocas.

As ideias, que tinha, que tenho, que se foram e já não querem voltar... eu quero-as de volta, para as transformar.

O corpo, sinto-o... mas não meu.
Parece que já não me pertence

lets give it time...shall we?

5 comments:

Li said...

Calma... Depois da tempestade a bonança... o que hoje está preto amanhã já estará com cor! Há dias assim... e o tempo é o nosso melhor amigo:)

Mona Lisa said...

Os anónimos...são pessoas com demasiado tempo livre e muita inveja. Quanto mais afectado ficas, mais contentes os/as deixas. Se sabes bem quem és, simplesmente não ligues. O melhor remédio é a indiferença.
Agora não sei se é impressão minha...mas pareceu-me que isto não era apenas sobre comentários anónimos...se calhar estou enganada.
beijos

Olhos Dourados said...

Não os deixes comentar.

мα∂αℓєηα said...

Além dos anónimos.....parece-me q continuas "estafado" ....ou é só impressão minha?

beijinhos :)

Garras said...

Li, de facto...esperemos! beijos

Mona Lisa, Por acaso estas enganada, os comentarios anonimos sao aqueles chatos com links pra todo lado a tentar vender-me coisas que nao preciso.
mas agora que falas nisso...poderia aplicar-se a isso.... indeed.
beijocas

Olhos Dourados, ja esta resolvido..... lamentavelmente tive de introduzir a verificaçao de palavras....lamento, sei que nao gostas, eu tb nao gosto...mas o que tem de ser tem muita força.
bjs


Madalena, parece que estas aqui ao lado a ver-me.
Nota-se assim tanto?
Beijinhos