30.12.09

drafted and forgoten




Já mal me lembro de ti, da tua cara ou do teu sorriso.
Já pouco vem à minha memoria aquilo que tu eras para mim,
o que significavas em mim.
Poucas são as lembranças de um futuro que me prometeste entre o teu riso
E quase resto nenhum de ti permanece assim.

e ainda bem.

No entanto ainda me lembro da dor causada pelas tuas próprias mãos
o mal que me fizeste com as tuas palavras
o quão pouco me deste por falta de palavras
o quão mal me trataste pelo teu ego

E ainda bem

As únicas coisas que ainda me lembro são exactamente aquelas que quero lembrar.
As que tanto queria e que tu falhaste.
Esforço-me para não perder algumas memorias residentes que ficarão marcadas para sempre como lapide da tua presença.






No meu próprio fogo ardi e do meu próprio fogo levantei-me e renasci!




E ainda bem

Quero lembrar-me do quão fraca foste nos momentos que precisei de ti, o quão fraca és e para sempre serás nos momento em que TU precisares de TI
O teu grito de falso pensamento positivo não é mais que indicio da tua fraqueza mental.




Vou lembrar-me para sempre do quão venenosa foste, és e para sempre serás.
Quero para sempre ter em mente que nunca foste nada daquilo que mostraste ser...sempre uma mentira...sempre viperina.



Lembrar-me-ei sempre da única coisa que devias ter feito e nunca fizeste...lutar


Falar...


Conversar...


Comunicar...


Dar... (e não só receber)



Esquecerei todos os momentos, bons ou maus, provenientes da tua mente infantil, que queria por força ter algo que outros também tinham...(assim o disseste)...



Para depois de ter, já não querer!!! (assim o disseste, o que me lembra que fui apenas um brinquedo de uma criança)

Tao simplesmente tiveste todo o tempo do mundo para dizer uma palavra Tao fácil de dizer... Mas es fraca demais para tal.

Um pedido de desculpa era tudo o que me devias e nunca foste capaz porque tu achas que a razão esta sempre do teu lado, e ceder, para ti, é algo que não faz parte do teu vocabulário...mas vais aprender com a vida, o que a vida te vai fazer...as vezes que a vida te irá puxar, mesmo debaixo dos teus pés, o teu imaginário tapete vermelho onde tão inseguramente te moves.





Nunca te esqueças que o tapete tem de ser fabricado continuamente, caso contrario, o rolo acaba-se e ficas à espera que...!



As desculpas que queria, agora jamais as aceitaria...




Mudei.

Mudei porque também errei!!!
Errei em ter tentado, em ter lutado por ti
Falhei... mas falhei por mim.
Falhei para comigo
Dei... demais
Dei mais do que alguma vez mereceste (e nesta ,ate tu sabes que tenho razão)
Agora, Parei!


De ti, pra ti, para sempre...mudei.



Por estas razões te guardo sempre como uma cobra venenosa, pessoa viperina, traidora e inconsistente.
Excessivamente orgulhosa, mimada, criança e ... sim... estúpida. (simplesmente não se faz o que me fizeste, nem da forma como fizeste)

Os meus desejos para ti estão feitos e morreste para mim em 2009.
Não te conheço, nem quero.
Nunca te vi, nunca exististe para mim.

Tenho pena das pessoas que te rodeiam...estarem a ser constantemente enganadas por uma pessoa que tão falsamente as usa e passa por cima de quem não merece...se elas soubessem...não seriam elas a perder.



Nunca mais uma palavra minha será escrita por ti ou para ti ou sequer a pensar em ti...podes agora deixar de vir aqui!!!!

Post criado esquecido e agendado para este momento.
Desculpem-me os meus leitores que tanto valorizo, mas este post não quer comentários ...

Por favor, contenham-se nos comentarios.....
É o termino de um ano e não quero ter mais nada a ver com isto!!!



Só escrevi estas palavras por serem uma verdade para mim e para mais ninguém.




Será o ultimo post deste ano como forma de fechar de vez um capitulo que não quero lembrar.


7 comments:

Mokas said...

e assim termina um ano
com nada mais por resolver

Abraço Bro

мα∂αℓєηα said...

Desculpa, tu dizes no post este post não quer comentários.. mas como deixaste o link p os fazer:

CLAP...CLAP...CLAP!!! Muito bem...é assim mesmo!!

Beijinho e BOM ANO!!!

Garras said...

Mokas, tks Bro
Madalena, Obrigado.
bom ano pra ti tambem

beijos e abraços

saia justa said...

Olá lindo. tenho pena que a despedida de 2009 tenho tido esse travo amargo mas aplaudo de pé a capacidade de resolucão que tomas-te.O que não nos mata torna-nos mais fortes, esse é o meu lema.

Beijocas

Garras said...

Saia Justa, Obrigado pelo comentario.
Sim, estes sao os momentos que se resolvem sozinhos.
beijos
Bom Ano pra ti.

coisas minhas said...

allo :p

sei que nao queres comentarios mas sou meio ou totalmente do contra :p

BOM ano novo_:p

ora bem.. eu podia dizer alguma coisa quanto ao texto.. mas acho que vou manter o silencio..

adorei o blog .. vou voltar **

Garras said...

Allo Coisas minhas.
Bem vinda a minha casa. Entra quando quiseres e senta-te confortavelmente onde encontrares lugar.
escolhe entre o sofa, os bancos de madeira ou os "puffs" gigantes.
fica à vontade para vasculhar tudo.

Eu quero comentarios..o post é que nao quer...logo, acho muito bem que digas o que pensas.


Beijos e bem vinda novamente.