11.3.08

A fuga dos paraliticos

O ano é de 1982.
Clareanes é um lugar pacifico onde nunca se esperaria que o mal aqui chegasse.
Constantina Andrrioconda caminhava para casa apos um festa na discoteca (leia-se baile ou tasca).
Embora sabendo que nao devia andar sozinha,desde que acabou com Hermenolindo Sacristovao, ela nao se sentia bem sem estar acompanhada.
À medida que caminhava para casa comecou a ouvir uns barulhos estranhos mas pensou que era apenas do vento que nessa noite soprava intensamente... de seguida ela ouviu passos por traz dela que se iam fazendo ouvir mais à medida que se aproximava de casa... nesse momento ela virou-se e viu...sim ..era ele... Tony e seu patinho de borracha...
Constantina largou um grito de goela aberta..."NAO...tu estas morto"!!

Tony e seu patinho de borracha andavam com uma enorme G3.3 (e meio) que da ponta da baioneta ainda derramava sangue da sua ultima vitima... a sua prima Andriogilina e seu caozinho a pilhas (recarregaveis).
Constantina entra em casa, fecha as portas e respira fundo, muito fundo, tao fundo que entra em hiperventilacao... mas passa-lhe depressa...pois ao ver uma janela aberta ela soube que Tony estava na casa...
Constantina corre entao para a casota do "cao que ja nao faz ãuãu" e ao entrar na sala sente uma pancada perfeita no seu peito...era Tony com a sua G3.3 (e meio)...
Ela grita...esperneia e em estado aterrorizopetrificado e com um olhar de gato mal morto (atropelado) grita ainda as suas ultimas palavras...mas ninguem ouve...e a ultima coisa que ela ve sao os olhos frios do assassino do seu "cao que ja nao faz ãuãu"....

Claro que apos bater com os cornos na mesa de cabeceira...ACORDOU!!!

3 comments:

Mokas said...

EPAH! EXCELENTE!!!!! HÁ JÁ MTO TEMPO QUE N SE VIA UMA LITERATURA ASSIM TÃO TÃO TÃO!!!! TÃO.... TÃO!

Garras said...

tao tao tao...má e de mau gosto !!!
este é o resultado de escrever no proprio dia de se estar a recuperar de uma entoxicaçao alimentar...so sai treta !!! hehe

Mokas said...

sim realmente vi ali uns reflexos da tua intoxicação alimentar...
o estado em que "andrrioconda" se encontrava... o patinho de borracha....
constantina de goela ABERTA...
uma alusão tb às pilhas recargáveis, que remete para uma necessidade de recarregar baterias....
o olhar de gato mal morto... uma identificação clara com o gato....
enfim, são so assim uns exemplos...