1.1.09

Venha mais um!

Mais um ano que se passou e entre tantas coisas que voaram como vento, outras ficaram para meu alento.
Do ano de 2008 não há muito a dizer.
Foi simpático para mim. Tratou-me bem.
Ficaram os amigos que já tinha, outros que fiz pelo caminho que não parou de me ensinar mais formas de viver.
Ao Mokas, fica o agradecimento de ser quem é.
À Marlene, obrigado por teres aparecido no Festival Med.
E falo destes dois porque foi com eles que passei o ano, a passagem de ano e muito bons momentos durante o ano (embora de formas diferentes com cada um) hehe

Falando em passagem de ano, foi fixe. Penso que não poderia ser muito melhor que isto.
Comemos, bebemos (uns mais que outros) e no fim estávamos todos psicologicamente alegres (dois com álcool e outro com sumo)
A mesa tinha exactamente o que queríamos.
A carne foi escolhida a dedo e risos enquanto estávamos diante dos frigoríficos da loja a olhar para o “mapa da vaca” para saber a que parte da vaca pertencia aquele naco de carne.


As bebidas, bem, não me lembro de nenhuma passagem de ano em que tenha gasto mais dinheiro em comida ao invés de estourar o orçamento todo em álcool. No entanto foi mais que suficiente.

Durante as compras alguém disse:
“Amanha, ela vai olhar pra lista de compras e dizer que nos esquecemos de coisas básicas!”
E tinha razão! Nenhum dos dois se lembrou disto:

(não faz mal…ela comprou)

A comida estava boa e contrariamente a muitas festas deste género, todos fizeram qualquer coisa útil para alem de simplesmente sentar e esperar, beber e comer.
Aqui valeu bem o ditado "Poucos mas Bons"

As horas à mesa passaram depressa e por pouco não chegávamos atrasados ao fogo de artifício (“passa aí o pão”)
Supostamente iríamos ver Deolinda e David Fonseca mas, com a comidinha e a bebida, o tempo passou e ficamos por casa ate ser horas de sair, abrir o champanhe, brindar, saltar, pular e divertir ao som do David.

Valeu a pena.
Como já disse, não podia ter sido muito melhor.
Para a próxima quero mais do mesmo.

Excelente 2009 para TODOS !

9 comments:

Mokas said...

hey Bro!
=)
foi bacano...
caguei-me a rir com este post ao recordar cada instante... a cena do mapa da vaca pah... lol
A nossa Lider, também zelou pela nossa saudinha... trouxe passas com grainhas, para o caso de precisarmos de fibras... =P
Acho que para o ano n consegues arrastar a Marlene para lá... acho q ela não gostou muito... (eu sei que se eu for levo uma mascara de oxigénio para tentar suportar os vapores oriundos da "medicina 3")
Abração aos dois
e obrigado por tudo

Garras said...

Pronto, ja da pra ver a imagem da vaca!
Pro ano, podemos repetir ? podemos ??

Eu é que agradeço man

Mokas said...

YEAH!!!! Já temos um mapa da vaca!!!!!
yuuuuuppppiiiiii!!!!

por mim tudo bem, podemos repetir para o ano...
=D

abraço

Marlene Lopezzz said...

Podemos repetir tudo outra vez, à excepção do "aroma" a medicina 3 livra... foi uma gande passagem de ano... para mim acabou rápido, mas foi muito boa... os líquidos fazem-me sempre estas coisas :p

Garras said...

Tas a ver mokas...afinal ela gostou...
reata agora saber se o k ela gostou foi:
a) Dar uma de dona da casa;
b) Mandar em nos como se fosse gente grande;
c) Fomos poucos mas BONS;

Beijocas e abraços

Mokas said...

MArlene, para a proxima trazes umas bombas de "oxógénio" pr'ágente conseguir aguentar... e secalhar uns fatinhos anti radiação.

Garras, eu voto na hipotese a)
porque ela disse "ah vão para a sala com as cervejas que eu tomo conta do jantar. não me atrapalhem!" e nós fomos ver a bola... foi porreiro =P

Marlene Lopezzz said...

:p posso votar nas 3?! eheheh :D
Prometido pró ano levamos equipamento adequando ;) bjs

Garras said...

Mokas, foi isso mesmo. Pessoalmente gostei bastante da parte onde eu disse:
"Porra mulher, que raio de comida é esta...vai ja pra CUZINHA fazer cumida...ondék ja se viu numa passagem de anu, por a malta a cumer pure de batata...e a carne mal passada de um lado e torrada du outru"

Por momentos senti-me um verdadeiro maxu purtugés

mas o jogo foi altamente... ver a Marlene a transpirar a carregar a comida pra mesa enquanto nos nos deliciavamos com tostinhas com pate que tinhamos escondidas debaixo da mesa.

Mokas said...

ah!ah!ahh!!!
poix foi! poix foi!
=D
Ganda tosga... dasss... acho que não devia ter misturado tequilla e champagne... Pensei que era a mesma coisa que com cerveja deb!